NOTÍCIAS 2022

Profissionais do Laboratório de Poços de Caldas (LAPOC), em parceria com estudiosos da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), publicam artigo na Revista Engenharia Sanitária e Ambiental.

O artigo intitulado “Materiais Radioativos de Ocorrência Natural em estações de tratamento de água no Planalto de Poços de Caldas, Brasil” tem como autores Adriano Mota Ferreira, Henrique Takuji Fukuma, Rafael Brito de Moura, Alexandre Silveira, Rafael Oliveira Tiezzi e Raul Alberto Sodré Villegas "in memoriam”.

O estudo foi realizado nas estações de tratamento de água no Planalto de Poços de Caldas e avaliou a ocorrência de Materiais Radioativos de Ocorrência Natural. A publicação precedeu outra investigação elaborada pelos estudiosos do LAPOC que concluiu que “as águas fornecidas pelas estações de tratamento da Prefeitura de Poços de Caldas - MG não apresentam níveis de radioatividade que motive temor por parte dos habitantes do município, pelo fato dessas águas serem adequadas ao consumo humano e, portanto, em conformidade com a legislação”.

Na recente pesquisa, publicada no periódico Revista Engenharia Sanitária e Ambiental, os pesquisadores estudaram a presença de series radioativas, principalmente nos elementos químicos Urânio-238 e Tório-232. Segundo o ex-bolsista do LAPOC, Adriano Ferreira, “Esse artigo representou uma etapa de um longo estudo sobre radiação natural nas estações de tratamento em Poços de Caldas, concluindo posteriormente que as águas do abastecimento público municipal são próprias para o consumo humano. Dessa maneira, é muito gratificante ver a ciência contribuindo com a sociedade e a vida das pessoas.”

Para acessar o artigo, clique aqui.